domingo, 28 de maio de 2017

Narciso

A água e o sangue descendo nos rios de mim,
inundada estou, que beleza vazia, contemplada na água límpida.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Areia movediça

Quantos cristais caídos nos foram dados de longe do ar? Talvez despidos dos silêncios encarcerados por tempos dentro de outros tempos, dis...