segunda-feira, 30 de julho de 2012

Entre

Na decida central de mim
partilho o pouco que há em mim
o pouco do pó que é meu
partícula que faz você
seu nó no meu ventre seu
sangue que escorre meu
fecunda a vida minha
coragem do peito seu
suor do teu rosto largo
sorriso largo
preenche o dia
solta noturna
escancara de sol sua lua.

domingo, 29 de julho de 2012

Natureza

No mar, no mato
cheirando água doce
chorando água salgada
lavando de mar a alma
banhando de rio a alma
vestida de verde a selva
protegida pelo azul da vida
no qual o amarelo brilha
entre brilhos de prata
vibram o calor e frio de cada dia.

Uma pitada de flor trago para seu dia antes que anoiteça e o imprevisto de te querer me deixa só antes de mais nada só.